SOPA de PIPA


É agora que pegam todos os piratas do mundo internético? Mais fácil acabar com a internet antes! Sem o Youtube, sem 70% do Google, sem grande parte do Wikipedia, sem liberdade para postar fotos e vídeos nas redes sociais, com essas empresas sendo obrigadas a fiscalizar cada uma das nossas publicações, quem vai se atrever a fazer qualquer coisa na internet?

Segundo o site TechTudo ” O projeto será votado em fevereiro pelo Congresso norte-americano e, de acordo com o texto, o SOPA poderá afetar sites do mundo todo. Companhias prestadoras de serviço de acesso à Internet poderão, inclusive, ser indiciadas caso permitam o acesso a conteúdo que infrinja as leis de propriedade intelectual. Da mesma forma, sites de buscas, assim como Google e Bing, seriam obrigados a censurar páginas do tipo.

Um segundo projeto de lei, que também circula no Congresso dos Estados Unidos, é igualmente preocupante. Trata-se do Protect IP, também conhecido como PIPA. A medida, assim como o SOPA, tem a função de combater a pirataria, inclusive atacando sites hospedados fora do território norte-americano.”

Vi publicada nas redes sociais uma imagem com os dizeres: “Se na Idade Média queimavam livros, agora censuram a internet” dando a entender o tamanho do prejuízo cultural que estaria sendo promovido com a aprovação dessa “SOPA de PIPA”

É uma espécie de inquisição, que movida pelo medo dos poderosos de como as idéias novas podem tirá-los do poder, deve ser temível e agressiva. Prisão de até 5 anos para usuários de internet e responsáveis por sites como o Facebook, Twiter, Megaupload, por se enquadrarem nos termos das leis. Como se quisessem proibir a internet.

Segundo o site G1 da Globo “As propostas têm apoio de emissoras de TV, gravadoras de músicas, estúdios de cinema e editoras de livros, que se sentem lesadas com a livre distribuição de filmes e músicas na web, principalmente em servidores internacionais. Disney, Universal, Paramount, Sonyx e Warner Bros. apoiam esses projetos.”

Empresas essas, que temem as mudanças de mercado já anunciadas pelo Semeador de Letras na matéria Filmes na Internet que fala justamente de fatias de mercado do entretenimento que não podem mais ser encaradas da mesma forma, todos querem ter todas as músicas que gostam, mas muito poucos podem pagar para além de suas preferidas, mas mesmo assim ainda é um hábito comprar as mídias que mais atraem.

cinema-2-450x250Por outro lado, e este positivo, essa proliferação via web torna o campo de atuação de qualquer boa produção muito mais amplo, tornando possível ganhar muito mais com shows, venda de material com a marca, e até com publicidade relacionada.

Mas com medo de ter de mudar as estratégias, empresas do entretenimento preferem destruir nossa tão amada internet, colocar pessoas na prisão, e destruir empresas web que não tem como controlar ou não querem controlar o que os seus usuários fazem. Como o Megaupload ou o Wikipédia, Facebook, Twiter, Google+, etc…

O Megaupload se tornou emblemático nessa briga, pois é o primeiro dos grandes a ter tido seu site tirado derrubado, servidores apreendidos, e diretores presos, segundo novamente o site G1 da Globo que tem uma declaração de Ira Rothken:

Ele afirmou que a companhia oferecia simplesmente armazenagem de dados on-line. “É realmente ofensivo afirmar que só porque as pessoas podem armazenar coisas ruins o Megaupload é automaticamente responsável”, disse.

(…)

Após o fechamento do Megaupload, o grupo hacker Anonymous, que também é contra os projetos, afirmou no Twitter que derrubou os sites do FBI, a polícia federal dos EUA, do Departamento de Justiça americano, da Universal Music, da Associação de Filmes dos EUA e da Associação da Indústria Fonográfica do país, entre outros endereços.

Aviso quanto ao Megaupload: Segundo o site itweb.com.br “a pedido do IT Web, a Eset avaliou o endereço de IP que alegava manter o novo ambiente do site e alerta: não há qualquer ligação com o Megauploads oficial. O endereço oferece risco ao usuário”

O WordPress, defendendo nossa liberdade na internet, disponibilizou-nos a possibilidade de ajudar nos protestos contra o PIPA e o SOPA, com uma tarja preta no canto superior direito do site com os dizeres “stop censorship”, que redireciona diretamente para um sistema que envia um e-mail para todos os Deputados dos EUA, basta clicar na tarja, assinar e enviar.

Desta forma com a sua colaboração estamos participando junto dos protestos com os principais sites do mundo, aqueles que tanto amamos que estão defendendo nosso interesse como usuários da internet e cidadãos livres neste mundo.

Protestos estes que parecem finalmente estar dando algum resultado já que conforme o Blog do Estadão O autor do projeto de lei americano antipirataria (Stop Online Piracy Act, ou apenas “Sopa”), Lamar Smith, declarou nesta sexta-feira, 20, que está retirando a proposta da pauta “até que haja um consenso maior em torno de uma solução”.

O InformationWeek.itweb noticiou que este mesmo Deputado (Lamar Smith) esperava levar o projeto de lei para uma audição na House Judiciary Committee (Comitê Judiciário da Câmara) em fevereiro. Nessas audiências, os legisladores podem debater os projetos de lei e propor alterações, bem como votar se o projeto deve ou não ser passado para o plenário da Câmara. “Para aprovar uma legislação que protege os consumidores, empresas e empregos de estrangeiros que roubam propriedade intelectual dos Estados Unidos, vamos continuar a reunir representantes da indústria para encontrar formas de combater a pirataria online”

A Pipa, que seria votada na terça-feira (24/01), foi postergada e ainda não foi divulgada uma data para a votação, afirmou o chefe da maioria democrata do Senado, Harry Reid. A notícia foi dada pela imprensa internacional.

O que você pensa a respeito? Caro leitor que chegou até o fim dessa matéria.

Anúncios

9 comentários

  1. nunca comprei um filme na minha vida pq eh caro, mas nunca fiz download pq via na internet mesmo e se isso passar fica na cara que pobre tem direito a nada mesmo… nem na internet que era pra ser livre

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s