Cinema: Somos Tão Jovens


Dois dias antes do início das filmagens de Somos tão jovens, a cinebiografia que resgata a juventude de Renato Russo – com estreia prevista para 11 de outubro –, algo inesperado aconteceu: João Pedro Bonfá, filho do baterista da Legião Urbana, Marcelo Bonfá, ficou doente. Enquanto o elenco do filme seguia para Brasília e se preparava para reviver as incompreensões e a ousadia do início dos anos 1980, o jovem carioca de 24 anos, que iria interpretar o seu próprio pai no longa-metragem, foi parar em um hospital, com uma grave infecção.

A doença o tirou do longa e impediu que desse certo o plano do diretor Antonio Carlos da Fontoura de reunir em cena todos os herdeiros de uma das bandas mais importantes do rock brasileiro. Isso porque o filme tem participação especial do filho único de Renato, Giuliano Manfredini – que aparece em cena como um roadie – e de Nicolau Villa-Lobos, vivendo o papel do seu pai, o guitarrista Dado Villa-Lobos.

Somos tão jovens celebra os 30 anos de sucesso da Legião Urbana e reforça os laços entre os pais e os filhos dessa banda que atravessa gerações. E vive um novo auge, com direito à produção de outro longa-metragem: Faroeste caboclo, de René Sampaio, adaptação da música que narra a saga de João do Santo Cristo.

“A gente tem alguma coisa no sangue”, diz João Pedro sobre as ligações de afeição que cercam os dois projetos cinematográficos. Nicolau também reforça a existência desse parentesco musical. “Meu DNA já deve ter sido alterado pelas altas frequências musicais”, brinca.

GRAVANDO

A influência das composições de Renato Russo, interpretado em Somos tão jovens por Thiago Mendonça, nunca foi um tabu para Nicolau Villa-Lobos, membro da banda Big Nice, que mantém junto com outros dois amigos dos tempos de escola. A experiência com o repertório foi o que mais ajudou durante as filmagens, já que se optou por não utilizar recursos de dublagem nem play-back. “O filme trata da criação de uma banda de rock e nada mais rock and roll do que fazer isso ao vivo. Por que os atores não podiam se tornar músicos, aprendendo a tocar de verdade?”, diz Carlos Trilha, produtor musical do longa-metragem e o responsável pelos dois CDs solos de Renato, no final dos anos 1990.

Carlos Marcelo, jornalista e biógrafo de Renato Russo, colaborou como consultor na preparação do roteiro e o define como a história de um adolescente brasiliense decidido a se tornar astro do rock nacional. Trafegando entre realidade e ficção, o filme narra o período de anonimato desse jovem que decide montar uma banda de punk rock para driblar o tédio da Capital Federal.

30 ANOS DEPOIS

São 168 versos ao todo. Gravada originalmente no disco Que país é este?, Faroeste caboclo, talvez a mais icônica composição de Renato Russo, também chega ao cinema até o final de 2012. Adaptada por René Sampaio e com produção musical de Giuliano Manfredini, a história do anti-herói que migra para Brasília tem Isis Valverde como Maria Lúcia, Felipe Abib, como Jeremias, e Fabrício Boliveira, como João do Santo Cristo, todos personagens da letra da canção.

“Nunca foi possível determinar a data precisa [da composição], mas algumas referências factuais na letra fazem concluir que foi escrita em 1981-82”, diz Carlos Marcelo. De forte apelo realístico e com pesada crítica social, há quem imagine que a música guarde referências à própria biografia de Renato, em alguns trechos. Carlos Trilha, amigo do roqueiro desde os tempos de sua primeira banda, o Aborto Elétrico, discorda: “A vida dele, não. Eu acho que retrata pessoas que ele conheceu”. Sobre a capacidade de criação do amigo, ele resume: “E outra coisa também: não se teve mais uma criatividade poética na música brasileira, nunca mais apareceu”. ©

Reprodução: Livraria Cultura
Autora: Priscila Pozzou

Semeador de Letras indica o blog oficial da produção do filme Somos Tão Jovens: http://www.somostaojovens.com.br/ com posts sobre todas as fases de preparação do filme.

<< Clique aqui para retornar para a página inicial da Guia Cultural

Ofertas da :

PERFIL – LEGIAO URBANA
Formato: CD / Grupo: LEGIAO URBANA / Distribuidora: SOM LIVRE (CD)

LEGIÃO URBANA – ACUSTICO MTV
Formato: DVD / Intérprete: LEGIAO URBANA / Distribuidora: EMI MUSIC (DVD)

LEGIAO URBANA – BOX ESPECIAL
Formato: CD / Grupo: LEGIAO URBANA / Distribuidora: EMI MUSIC (CD)

Link Permanente: http://wp.me/p1URSu-N9

Anúncios

4 comentários

    • João que maravilha te ver participando aqui novamente, fazia tempo já! Vou te convidar para ir assistir conosco assim que estiver em cartaz. Já que curte Legião e estava sumido aqui do blog, veja esse outro post também: http://wp.me/p1URSu-Do tenho certeza que vais gostar é sobre o show de tributo promovido pela MTV

      Curtir

    • Fui muito fã de Legião urbana desde o momento que os conheci, os tenho como se fossem os Beatles brasileiros, e tenho curtido muito esse momento promovido pelo Giuliano Manfredini, com a produção de dois longa-metragens e a autorização para o Tributo aos 30 anos de Legião Urbana promovido em SP pela MTV Brasil.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s