Livro: Peças Psicológicas


“Todo amor é eterno. Se não é eterno, não era amor.” – Nelson Rodrigues

Continuando o especial dedicado ao centenário do dramaturgo Nelson Rodrigues. Como foco da semana, escolho a sua produção teatral, com ênfase nas suas peças psicológicas. Porque escolho essas obras dentre tantas outras possibilidades? Essas são aquelas que melhor demonstram as influencias do autor, além de serem as que melhor demonstram a variedade de sua escrita, sendo o livro perfeito para aqueles que querem entrar em contato com o universo do autor.

O estilo irônico de Nelson, presente em toda sua obra, já se mostra na primeira peça “A mulher sem pecado”. As fixações suburbanas são amplamente exploradas, assim como desejos primais humanos que prevalecem diante do raciocínio.

MULHER SEM PECADO, A
Formato: Livro / Autor: RODRIGUES, NELSON / Idioma: PORTUGUES / Editora: NOVA FRONTEIRA / Assunto: ARTES – TEATRO / Edição: 1ª / Ano: 2005

As duas próximas peças, “Vestido de Noiva” e “Valsa No 6”, abraçam o viés psicológico anunciado no titulo. A primeira é um exemplo da liberdade que o texto rodrigueano dá para aqueles que escolhem encená-lo. Como Vestido de Noiva se passa em níveis diferentes de consciência (sonho, memória e realidade),as possibilidades de divisão espacial são incrivelmente variadas. “Valsa N0 6” é o único monólogo de Nelson, o que já mostra sua relevância, mas a escolha da obviedade e da repetição demonstram muito do viés freudiano do autor.

“Viúva, porem honesta” é uma prova do grande espírito revolucionário do teatro rodrigueano (apesar de o próprio autor se afirmar um reacionário). Nessa peça, Nelson flerta com um teatro de estrutura fixa e com personagens que representam castas (como já havia feito Gil Vicente no “Auto da Barca do Inferno”).  Com esses elementos, Nelson discute profundamente moralidade, sem jamais perder os traços de ironia da sua obra.

A última peça, “Anti-Nelson Rodrigues”, o autor se coloca com influencia dos personagens, problematizando a si mesmo e a polemica que causava (e ainda causa). Mesmo com tal nome, “Anti Nelson-Rodrigues” é um perfeito exemplo da forma romântica que o autor enxerga o casamento. Em frases como “A pior forma de solidão é a companhia de minha mulher”, Nelson demonstra o seu pavor daquilo que, de acordo com ele, é pior que o ódio: A falta de amor. O resultado é que, mesmo dizendo o contrario o titulo, essa é uma peça que tem muito de Nelson Rodrigues.

Com esse conjunto, o volume “Peças Psicológicas” do teatro completo de Nelson é um excelente começo para aqueles que querem conhecer melhor a obras de um dos maiores dramaturgos nacionais.

Assista ao Trailer da adaptação para o cinema de “Vestido de Noiva”:


<< Clique aqui para retornar para a nossa Sessão de LITERATURA

<< Clique aqui para retornar para a página inicial da Biblioteca Cult

Ofertas da
 :

VIUVA, POREM HONESTA
Formato: Livro / Autor: RODRIGUES, NELSON / Idioma: PORTUGUES / Editora: NOVA FRONTEIRA / Assunto: ARTES – TEATRO / Edição: 1ª / Ano: 2004

ANTI-NELSON RODRIGUES
Formato: Livro / Autor: RODRIGUES, NELSON / Idioma: PORTUGUES / Editora: NOVA FRONTEIRA / Assunto: ARTES – TEATRO / Edição: 1ª / Ano: 2005

VESTIDO DE NOIVA
Formato: Livro / Autor: RODRIGUES, NELSON / Idioma: PORTUGUES / Editora: NOVA FRONTEIRA / Assunto: ARTES – TEATRO / Edição: 2ª / Ano: 2004

Link Permanente: http://wp.me/p1URSu-Rw

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s